Viúvas de vítimas do COVID-19 prestam homenagem no Brasil

Dezenas de viúvas que perderam seus companheiros para a COVID-19 homenagearam seus entes queridos nesta terça-feira no Rio de Janeiro e em São Paulo em comemoração ao “Dia dos Mortos”. No Rio, ocorreu uma procissão de luto ao longo da Avenida Principal, no Centro da cidade. O grupo então lançou balões pretos para marcar os mortos. O evento foi organizado pelo grupo ‘COVID-19 Viúvas’, mas contou com a presença de outras pessoas que haviam perdido parentes. “Procuro transformar minha dor em luta porque entendo que muitas outras mulheres além de mim, muitos parentes estão sofrendo, principalmente em nosso país, não existe uma ação efetiva (do governo)”, disse Vera Lucia Arago. Viúva Kovit-19, de 52 anos. Arago perdeu sua mãe de 74 anos, Joseph Barbosa, em dezembro de 2020, e seu marido de 50 anos, Vinicius Arago, morreu de COVID-19 em um mês. O grupo ‘COVID-19 Viúvas’ também luta pelos direitos de pensão para viúvas e órfãos, e muitos enfrentam questões jurídicas para obter qualquer compensação, visto que dependem financeiramente da vítima. A cerimônia em São Paulo reuniu enlutados no Parque da Independência, colocando bandeiras brancas na grama e homenageando seus familiares enlutados. Nos últimos dias, uma comissão do Senado brasileiro recomendou acusações criminais contra o presidente Jair Bolzano por sua forma de lidar com a epidemia de COVID-19. Mais de 600.000 pessoas morreram no Brasil devido ao COVID-19.

READ  Os melhores 30 cadeira eiffel para você

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Petro Link