Offshore

Trabalhadores da Equinor feridos em explosão em Heimdal

A Equinor revelou sexta-feira que dois de seus funcionários foram feridos em um incidente “sério” relacionado ao trabalho a bordo da plataforma Heimdal, no Mar do Norte, em 28 de novembro. 

O incidente ocorreu como resultado de uma explosão de um contêiner de gás portátil a bordo, de acordo com a Equinor, que observou que havia 70 pessoas na plataforma no momento da explosão.

Os dois funcionários feridos foram atendidos pelo pessoal de saúde a bordo de Heimdal e depois transportados para o Hospital Universitário Haukeland e o Hospital Universitário Stavanger com um helicóptero SAR e um helicóptero do Centro de Coordenação de Resgate, disse a Equinor.

A empresa afirmou que está acompanhando os feridos e suas famílias. As autoridades relevantes foram informadas e atualizadas e o incidente será investigado ainda mais, disse a Equinor.

Em um comunicado publicado em seu site na sexta-feira, a Autoridade de Segurança do Petróleo da Noruega (PSAN) anunciou que o PSAN lançou uma investigação sobre o incidente.

A organização disse que uma equipe de investigação composta por quatro especialistas do PSAN voará hoje para Heimdal.

“O principal objetivo do trabalho deles é estabelecer as causas diretas e subjacentes do incidente”, afirmou a PSAN em comunicado da empresa.

Heimdal é um hub para processamento e distribuição de gás, de acordo com o site da Equinor, que mostra que os parceiros atuais no ativo são Equinor (29,4% – operadora), Petoro (20%), Total E&P Norge (16,7%), Spirit Energia (28,8%) e LOTOS Exploração e Produção (5%).

O campo de Heimdal foi descoberto em 1972 e a produção começou em 1986. A companhia petrolífera francesa Elf era a operadora desde o início.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para O Topo