Lula aumenta vantagem sobre Bolsonaro e tem 48% de apoio dos eleitores para eleição de outubro -pesquisa

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato à presidência da República, discursa durante evento denominado “Contagem abraca Lula”, em Contagem, Minas Gerais, Brasil, 10 de maio de 2022. REUTERS / Washington Alves / Foto de arquivo

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

26 Mai (Reuters) – O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva aumentou sua vantagem nas pesquisas sobre o atual presidente Jair Bolsonaro antes das eleições presidenciais de outubro, de acordo com uma nova pesquisa do Datafolha divulgada nesta quinta-feira.

Lula obteve 48% de apoio na pesquisa de opinião contra 27% de Bolsonaro, em comparação com 43% e 26%, respectivamente, em março.

Em um segundo turno esperado entre os rivais, o líder de esquerda Lula agora tem uma vantagem de 25 pontos percentuais sobre Bolsonaro, acima dos 21 pontos de março, mostrou a pesquisa.

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

Bolsonaro foi prejudicado pela alta inflação e pelos altos preços dos combustíveis que levaram os brasileiros a suavizar o sentimento anti-Lula que ajudou o populista de extrema-direita a ser eleito em 2018, disse o analista político André Cesar.

“Esses números são uma ótima notícia para a campanha de Lula. Bolsonaro vai ter que tirar um coelho da cartola agora”, disse Cesar, da consultoria de riscos Hold Assessoria.

Foi a primeira pesquisa eleitoral do Datafolha desde que o ex-ministro da Justiça Sergio Moro desistiu da disputa, e foi realizada após a renúncia do governador de São Paulo, João Doria, na segunda-feira.

Ambos eram rivais em potencial pelo apoio de eleitores de direita e centristas, mas o apoio a Bolsonaro aumentou apenas 1 ponto percentual desde março, enquanto Lula avançou 5 pontos nas intenções de voto no primeiro turno, mostrou a pesquisa.

READ  Mercado de lentes oftálmicas de US $ 3,57 bilhões no Brasil, 2022-2028

Se o segundo turno fosse hoje, Lula teria 58% dos votos contra 33% de Bolsonaro, 3 pontos percentuais a mais para Lula desde março e um a menos para Bolsonaro, disse a pesquisa.

Em uma corrida eleitoral muito polarizada, outros candidatos fizeram progressos insignificantes. O ex-governador de esquerda Ciro Gomes e a senadora centrista Simone Tebet avançaram 1 ponto percentual, para 7% e 2%, respectivamente.

O Datafolha entrevistou 2.556 brasileiros em idade de votar (16 anos) na quarta e quinta-feira. A pesquisa tem uma margem de erro de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

Reportagem de Carolina Pulice na Cidade do México e Anthony Boadle em Brasília Edição de Marguerita Choy e Matthew Lewis

Nossos padrões: Os Princípios de Confiança da Thomson Reuters.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

PETROLINK.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Petro Link