Chuvas no Brasil deixam pelo menos 33 mortos

Pelo menos 28 pessoas morreram no sábado no Brasil por fortes chuvas que há dias atingem a região metropolitana de Recife, capital do estado de Pernambuco, disseram autoridades.

“Nas últimas 24 horas, 28 mortes foram registradas”, disse a Defesa Civil em comunicado.

O evento mais dramático ocorreu no início da manhã, quando 19 pessoas morreram em um grande deslizamento de terra na comunidade Jardim Monteverde, na divisa entre Recife e o município de Jaboatão dos Guararapes.

Outras seis pessoas morreram em outro deslizamento de terra no município de Camaragibe. Dois morreram em Recife e outro em Jaboatão dos Guararapes.

O número total de mortos no estado desde que as chuvas começaram a atingir a região na noite de terça-feira é agora de 33.

“Cinco outras mortes já ocorreram durante a tempestade de terça-feira”, disse o comunicado, sem dar mais detalhes.

Segundo a imprensa local, três morreram em um deslizamento de terra em Olinda, e uma quarta pessoa morreu após cair em um canal, também em Olinda.

As fortes chuvas forçaram quase 1.000 pessoas a fugir de suas casas devido às inundações e deslizamentos de terra.

Vídeos postados nas redes sociais mostram amplas avenidas alagadas em vários municípios, desabando de casas e deslizamentos de terra.

Entre a noite de sexta e sábado, o volume de chuvas chegou a 236 milímetros em alguns pontos da capital pernambucana, segundo a prefeitura.

Isso equivale a mais de 70% da previsão para todo o mês de maio na cidade.

A Agência Pernambucana de Águas e Clima disse que a situação pode piorar, já que as chuvas continuarão nas próximas 24 horas no estado.

ARQUIVO: Bombeiros e voluntários retiram lama de um deslizamento de terra gigante no bairro de Caxambu, em Petrópolis, Brasil, 2 de fevereiro de 2018. 19 de 2022.

No ano passado, centenas de brasileiros morreram em enchentes e deslizamentos de terra causados ​​por chuvas torrenciais.

Em fevereiro, mais de 230 pessoas foram mortas na cidade de Petrópolis, capital de verão do império brasileiro no século 19, no estado do Rio de Janeiro.

As fortes chuvas transformaram as ruas da região em rios caudalosos e provocaram deslizamentos de terra em bairros pobres nas encostas que destruíram praticamente tudo em seu caminho.

No início do mês passado, mais 14 pessoas morreram, também por enchentes e deslizamentos de terra no estado do Rio de Janeiro.

As vítimas incluíam uma mãe e seis de seus filhos, que foram enterrados quando um deslizamento de terra varreu sua casa, disseram autoridades.

Especialistas dizem que as chuvas da estação chuvosa no Brasil estão sendo aumentadas pelo La Nina – o resfriamento cíclico do Oceano Pacífico – e pelas mudanças climáticas.

Como uma atmosfera mais quente retém mais água, o aquecimento global aumenta o risco e a intensidade de inundações devido a chuvas extremas.

READ  Os melhores 30 visualização para você

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

PETROLINK.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Petro Link