Óleo e Gás

BP e Shell entre licitantes no leilão de petróleo brasileiro de US $ 800 milhões

BP PLC, Chevron Corp e Royal Dutch Shell PLC estão entre as empresas que competirão pelos direitos de exploração e produção na costa brasileira nesta quinta-feira, na primeira das três rodadas de licitação de petróleo programadas para as próximas semanas .

Combinados, os bônus mínimos de assinatura dos blocos da 16ª Rodada de Licitações do Petróleo Pós-Sal na usina de petróleo da América Latina chegam a aproximadamente US $ 800 milhões.

Isso é significativo para os padrões históricos, mas empalidece em comparação com a chamada rodada de transferência de direitos do Brasil e a sexta rodada do pré-sal, ambas agendadas para o início de novembro. Espera-se que essas rodadas tragam US $ 25 bilhões e US $ 2 bilhões aos cofres do governo, respectivamente.

Os blocos do pós-sal são menos prolíficos que os do pré-sal, onde bilhões de barris de petróleo ficam presos sob uma espessa camada de sal sob o fundo do oceano.

Ainda assim, existem algumas áreas valorizadas na 16ª rodada, principalmente nas Bacias de Campos e Santos, no litoral de São Paulo e Rio de Janeiro. Um bloco em particular, o CM-541 na Bacia de Campos, possui um bônus mínimo de assinatura de aproximadamente 1.375 bilhões de reais (US $ 335 milhões) e faz fronteira diretamente com a região do pré-sal.

Sete quarteirões relativamente menores do estado da Bahia estão sujeitos a litígios ambientais por promotores federais, disseram autoridades na quarta-feira, lançando incerteza judicial sobre partes do leilão.

As autoridades e ambientalistas estão preocupados com o fato de os sete blocos em questão, que possuem um bônus de assinatura combinado de aproximadamente US $ 16 milhões, estarem localizados muito perto do arquipélago de Abrolhos, ecologicamente significativo.

A Ecopetrol SA, Karoon Energy Ltd, Qatar Petroleum, Equinor ASA, Total SA, China National Offshore Oil Corp Ltd, Repsol SA, Murphy Oil Corp, Petrogal, Petronas e Wintershall Dea GmbH também estão registradas para participar da licitação.

A Petroleo Brasileiro SA, conhecida como Petrobras, e a Enauta Participações SA também são elegíveis para licitar.

Karoon, Shell, Enauta, Ecopetrol e Petrobras se recusaram a comentar a rodada de licitações. Todas as outras empresas não responderam imediatamente a um pedido de comentário.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para O Topo