A soja ainda é uma estrela, por isso a segunda safra de milho é a “safra pequena” do Brasil – Ohio Oaknet

Produtos Agropecuários Rurais, de Daniel Sequeira

As luzes de natal voltaram a estar por toda parte, e isso lembra aos fazendeiros brasileiros: já é dezembro e é hora de plantar ou quebrar a safra de soja. Estou escrevendo este artigo no início deste mês, mas nos estados centrais (como o melhor produtor Moto Grosso) a safra está se desenvolvendo muito bem e já está na fase de enchimento dos frutos com muita chuva e excelentes oportunidades de rendimento.

Daniel Sequeira, da Rural Agricultural Products

As coisas estão indo bem no sudeste e no norte / nordeste do país, onde a maior parte da soja ainda é vegetativa. No Sul, por outro lado, nosso terceiro maior produtor, o Rio Grande do Sul, reduziu o plantio de soja para um padrão seco e quente, e os agricultores estão preocupados com áreas com condições de procriação em algumas partes do Paraná, o segundo maior. produtor no Brasil. As previsões para a primeira quinzena de dezembro, em particular, mostram pouca chuva e altas temperaturas.

Se as previsões mudarem e chover nesses estados do Sul, a safra de soja de 2022/22 ficará entre 143 e 145 milhões de toneladas, o que será um novo recorde para o país. Porém, se o tempo seco continuar, as coisas ficarão mais complicadas, principalmente no Paraná, à medida que mais áreas entrarem na fase de reprodução.

Grande área de milho, apesar dos altos custos de insumos

Por outro lado, a primeira safra de milho do Brasil já apresenta perda de produtividade no Rio Grande do Sul, que inicia o plantio no final de agosto e enfrenta uma grande seca em novembro. O Rio Grande do Sul produz apenas 5% da produção total de milho do Brasil (incluindo primeira, segunda e terceira safras). Mas, como produtor e exportador de suínos e aves muito importante, o governo confunde a dinâmica do mercado de milho quando sua safra quebra.

READ  Keystone compra projeto de ouro Juruena da Meteoric no Brasil

No entanto, a safra de milho mais importante do Brasil, a soja, continua a ser nossa segunda cultura mais cultivada depois da colheita, a “safrinha”. Como a safra da soja está um pouco mais cedo do que o planejado, a janela de plantio será melhor no início de 2022. Esta é uma boa notícia para os agricultores que plantaram muito tarde em 2022 devido ao final da safra de soja, e a safra histórica de milho quebrou devido à seca e geadas.

A AgRural estima que até 2022 a área com a segunda safra de milho aumentará 6%. Mas agora você se pergunta: o Brasil vai aumentar a segunda safra de milho mesmo com a alta dos fertilizantes? Sim, nós podemos. Muitos agricultores já compraram seus insumos, principalmente nos estados centrais, e se não pudermos comprar mais, ou se todos esses fertilizantes não chegarem aqui a tempo, usaremos menos fertilizante e aumentaremos a área cultivada mesmo que ainda esteja em risco. Com baixos rendimentos.

A segunda safra de milho, sendo uma cultura naturalmente ameaçada, é mais importante porque complementa a cultura da soja em termos de rotação de culturas, manejo agrícola, custos de produção, receita líquida e estratégias de marketing dos agricultores. , Em que a soja geralmente desempenha um papel de liderança.

Agora com dois terços da produção total de milho do Brasil, não pude deixar de sorrir ao ouvir as pessoas dizerem que “safrinha”, nossa “pequena safra” não é mais pequena. O milho “safrinha”, por definição, é o milho cultivado na mesma área após a colheita da soja. A grande safra, a principal safra no coração de nossos fazendeiros, é a soja.

É por isso que o Brasil vai plantar mais milho na nova safra secundária com menos fertilizante. Esta é uma renda extra. Existem apenas duas coisas que mudam a opinião dos agricultores sobre a área da segunda safra de milho: preço e clima. Mas, da próxima vez, escreverei sobre isso em detalhes.

READ  Os melhores 30 gene para você

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

PETROLINK.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Petro Link